Eu vi brilhar eu vi
No meio da mata eu vi
A pena de prata
Do Caboclo Guaracy

O seu arco é de ouro do Sol
Sua flecha é um raio de Lua
Guardião da floresta
Real sentinela da mata que é sua

Ele é filho da Dona do rio
E se benze com a erva que queima
Bebe água da casca do pé de aroeira
E licor de Jurema

Kiô kiô kiô kiô kiera
Seu Guaracy vigia a mata
Seu Guaracy domina a fera


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.