Faz um tempo que não falamos de Iemanjá, que não falamos sobre as águas salgadas!

Mãe Iemanjá, sua bênção… gratidão por todos os momentos em que mostrou ser cuidadosa, sábia, verdadeira e com os maiores ensinamentos.
Seu mar minha calma, suas águas meu maior encontro, seu amor é imensidão, seu azul é paz.
Mãe, neste momento peço que continue olhando por nós, peço com o coração em verdade.
No bailar de suas ondas eu entrego as minhas aflições, meus desabores e creio em ti.

Mãe, nas forças da Cabocla Jandira eu te peço que olhe pela nossa casa e leve embora angústias, tristezas, dores carnais, dores espirituais, maldades e todo sentimento ruim.

Hoje levo meu coração em flor, para as suas águas sagradas.

Salve Iemanjá, salve a rainha do mar!

Texto:Autoria Pai Peri
Imagem: Desconhecido, caso saibam nos informe.

Categorias: Orixás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.